Tudo sobre Leão (23/Jul a 23/Ago)


Leão
Elemento: Fogo    Qualidade: Fixo
Regente: Sol    Símbolo: Leão
Modo: Intuição    Lema: Eu crio
Atrações: Escorpião, Capricórnio e outras pessoas de Leão
Cores: Ocre, Nuances do amarelo
Plantas: Girassol, Camomila, Alfazema
Partes do Corpo: Coração, Costas, Coluna

PERSONALIDADES

Os nascidos sob a Cúspide Câncer-Leão tendem a ter personalidades versáteis, capazes de passar rapidamente de um extremo ao outro. Na verdade, muitas formas de movimento, mudança e fluxo caracterizam estas pessoas. São característicos desta fase não apenas movimentos físicos (viagens, mudança de endereço, aventura, esportes etc.), mas também oscilações na esfera do pensamento e da emoção. "Canleões" podem parecer tímidos e retraídos em um momento e no outro dinâmicos e ativos, refletindo um conflito da sensibilidade fluida de Câncer com a afirmação ardente de Leão. Uma tarefa evidente para os nascidos sob esta cúspide será refrear os extremos de suas flutuações, nivelando sua atividade curva em uma linha mais reta, para reconciliar e integrar tendências conflitantes.

Os nascidos sob esta cúspide tendem a ser indivíduos vibrantes, energéticos, animados, que sentem necessidade de procurar desafios e de superá-los. Muitas vezes, disciplinas físicas e o domínio do corpo desempenham papel importante em seu desenvolvimento. Não apenas a força, mas também a graça de movimento podem ser relevantes para eles.

ATRAÇÕES : Pessoas nascidas na Cúspide Câncer-Leão sentem-se em geral mais atraídas por pessoas de outras cúspides, sobretudo as nascidas sob as Cúspides Libra-Escorpião (19 a 25 de outubro) e Capricórnio-Aquário (17 a 22 de janeiro).

Conselho: Nivele os altos e baixos; as recompensas da estabilidade são grandes. Cultive a autodisciplina, mas não perca a espontaneidade. Construa um centro calmo que estimule sua confiança e permaneça no âmago de seu ser. Concentre-se mais em viver o momento, livre de problemas passados e expectativas futuras. Controle seu ritmo para a dura caminhada.

As pessoas de Leão I estão entre as que mais demonstram autoridade. Embora possam ter qualidades de liderança, não é a ação de comandar os outros que as atraem, mas o fato de afirmarem-se e serem levadas a sério. Além disso, muito de sua energia é canalizada para dentro em vez de para fora, para o desenvolvimento de sua própria força e habilidade. O sucesso para estes indivíduos fortes nem sempre pode ser medido em termos mundanos. Muitas vezes têm objetivos pessoais - intelectuais ou físicos - que perseguem com tenacidade inexorável. Superar suas próprias conquistas anteriores pode ter grande relevância para eles.

Os nativos de Leão I não são pessoas que passam despercebidas. De fato, sentem necessidade de dominar o ambiente. Os mais avançados aprendem que grandes resultados podem ser alcançados sem que sua presença seja fortemente sentida. Entretanto, a postura de Leão I naturalmente tende para a imposição e, portanto, não importa o que faça, dificilmente é reservado. Como seu ponto de vista em geral é vigoroso e positivo, o nativo de Leão I pode não compreender pessoas temperamentais ou negativas. Quando ele próprio torna-se negativo, devido a rejeição ou fracasso, não sabe como lidar com isso.

Pessoas de Leão I com freqüência se envolvem em situações onde são chamadas a tomar decisões pelos outros. Tendem a ser muito flexíveis e podem chegar a posições de poder em que suas responsabilidades são realmente enormes. Em geral são mais do que capazes de responder a situações desafiadoras, mas em alguns casos metas e interesses pessoais podem ser engolfados por sua vida profissional, o que pode, naturalmente, provocar frustração. Talvez uma ilustração deste Leão I seja a de alguém que, em seu desejo de obter sucesso, pode tornar-se indispensável para sua empresa ou organização e, então, simplesmente não é capaz de deixá-la, pois cresceu acostumado às recompensas e ao sentimento de ser necessário e valioso.

Conselho: Aprenda a aceitar as pessoas como elas são - tanto as positivas quanto as negativas. Provavelmente é inútil tentar camuflar-se, mas procure ser mais diplomático e sensível. Embora seja bom em tomar decisões pelos outros, pode ter negligenciado decisões importantes a seu próprio respeito. Ser mais despreocupado não o diminui como pessoa.

Pessoas de Leão II orgulham-se de sua força e gostam de colocá-la à prova, em geral, de forma construtiva. Assim, sentem-se atraídas por atividades desafiadoras, que muitas vezes contêm um elemento de risco ou mesmo de perigo. Com frequência, não são tanto as metas que o interessam, mas o esforço para alcançá-las. Os nascidos neste período raramente desistem uma vez que abraçam um projeto e possuem resistência e tenacidade suficientes para persistirem nele. As vantagens dessa perseverança são evidentes, mas às vezes determinação obstinada pode ser contraproducente, por exemplo, quando uma situação desvantajosa deve simplesmente ser abandonada.

Após muitos anos de luta, os nascidos em Leão II podem subitamente chegar a esta conclusão e, em determinado ponto, surpreender os que testemunharam sua recusa a desistir ou ceder. Neste momento, muitas vezes por volta dos quarenta anos de idade, podem mudar repentinamente de direção e simplesmente afastar-se dos interesses que o animaram por tanto tempo e que eles se esforçaram tanto por cultivar ou proteger.

A maioria dos nascidos em Leão II, entretanto, são extraordinariamente leais. Vêem-se como protetores dos fracos e defensores dos oprimidos. Acima de tudo, desprezam a exclusão e a condescendência e, por essa razão, em geral ficam do lado das pessoas comuns em vez de optarem pelos grupos privilegiados. Não que os nascidos neste período não sejam capazes de dissimular (conseguem se integrar bem em uma variedade de classes sociais), mas em geral assumem o papel que desempenham com grande seriedade.

Portanto, quando o nativo de Leão II se depara com indivíduos insinceros, falsos ou irresolutos, podem ou não mostrar seu desagrado por eles a um nível pessoal, mas certamente irão considerá-los pouco convincentes e uma perda de tempo. De fato, agir com convicção e com uma admirável falta de pretensão é uma marca da personalidade dos nascidos no período de Leão II.

Com sua obstinação, são capazes de suportar muitas frustrações. Em geral, são destemidos e vencem por saberem esperar, tendo "fôlego bastante" para resistir. Quando necessário, são capazes de assumir o comando, mas com maior freqüência preferem conservar a liberdade de agir por conta própria. Gostam de ser independentes, mas tendem, mesmo assim, a construírem uma vida restrita, bem-definida, em que exercem o máximo de poder com o mínimo de agitação.

Conselho: Cuidado com seu temperamento. A impetuosidade pode desequilibrá-lo e ajudar seu oponente. A concessão e a diplomacia são virtudes a serem cultivadas, não fraquezas desprezíveis. Permaneça aberto e vulnerável ao amor. Não seja tão severo consigo mesmo, nem tão exigente. Diminua um pouco sua expectativa em relação aos outros.

Pessoas de Leão III são líderes natos. Alguns estão interessados em comandar e exercer plenos poderes sobre os outros (para melhor ou para pior); outros não têm o menor interesse em comandar, preferindo liderar por meio de suas idéias, exemplo ou ética. Em qualquer caso, o nativo de Leão III não gosta de ser o lanterninha em circunstância alguma.

Os nativos de Leão III são indivíduos profundos e emocionalmente complexos. Como em geral são animados por energias vulcânicas, talvez regras, escondidas em seu interior, podem ter explosões imprevisíveis de atividade, mas também de ira e mesmo de violência. Embora no mais das vezes sejam atraentes e sexualmente magnéticos, exigem muita compreensão dos amigos e companheiros. De fato, alguns podem acreditar não ter sorte, quando na verdade estão apenas à mercê de seus sentimentos poderosos. Tais indivíduos podem se tornar demasiadamente sensíveis e infelizes se incorporarem a idéia de que os outros os consideram desagradáveis, excêntricos ou estranhos.

Mesmo nas situações de vida mais comuns, os nativos de Leão III podem encontrar elementos heróicos ou arriscados. Muitas vezes, conferem um ar especial, até glorioso, a um ambiente comum, dando ar de importância a eventos em que figuram como personagem central. É possível que cada um de nós crie sua própria mitologia pessoal, em que desempenhamos o papel principal, mas isto é particularmente verdadeiro para os nativos de Leão III.

Os nascidos no período de Leão III muitas vezes envolvem-se em prol de algum ideal ou campanha elevado. Embora possam ser considerados egoístas por pessoas dotadas de menos poder, o tipo de sacrifício e devoção que suas atividades exigem refutam esta acusação. É inegável, porém, que em muitos nativos de Leão III há uma estreita relação entre a causa a que servem e a sua própria pessoa, formando quase uma simbiose.

Seu excesso de autoconfiança os leva a acreditar serem infalíveis ou, pior, invulneráveis. Embora suas fortes convicções sejam admiráveis, quando isoladas ou fora da realidade, podem semear as sementes de sua própria destruição.

Conselho: Procure moderar seu lado exigente e controlador. Olhe-se no espelho - examine cuidadosamente suas motivações. Lute para manter mais tranqüilo o combatente em você. Distancie-se de si mesmo. Admitir fraqueza também pode ser um sinal de força.

Em alguns aspectos do caráter, os nascidos sob a Cúspide Leão-Virgem são altamente reservados, em outros, extrovertidos. Naturalmente, esses elementos aparentemente contraditórios são apenas dois lados de uma mesma moeda. Para revelar o que se encontrava anteriormente escondido, antes é preciso haver segredos. Além disso, pode-se argumentar que uma razão para que haja algo escondido é para que possa um dia ser revelados com maior impacto.

Felizmente, muitos nascidos sob esta cúspide têm o bom senso do momento propício para agir, isto é, o momento certo para realizar algo. Mestres do efeito, sabem quando manter silêncio e quando falar. Portanto, tanto o que escondem quanto o que revelam pode ser usado como meio, técnica e mesmo arma para ajudá-los a alcançar seus fins de forma muito sutil ou dramática. Toda personalidade de cúspide encerra elementos conflitantes, sendo influenciada por dois signos adjacentes muito diferentes.

Felizmente aqui, um dinamismo orgânico é estabelecido, onde os elementos práticos e mundanos de Virgem combinam-se perfeitamente com as qualidades intuitivas e explosivas de Leão. Embora tipos intuitivos e abertos à sensação, os "Levirginianos" também se encontram sob a influência de Mercúrio, que promove o pensamento lógico. A mundanidade de Virgem é algo mitigada por essa influência, uma vez que os nascidos sob esta cúspide tendem a ser mais discriminativos e menos abertamente sensuais. O quarto modo, o sentimento, está em falta aqui, e portanto, os "Levirginianos" podem ser algo inacessíveis, tanto em relação às suas próprias emoções profundas quanto às dos outros.

ATRAÇÕES : As pessoas nascidas sob a Cúspide Leão-Virgem em geral se sentem mais atraídas por pessoas de outras cúspides, sobretudo as de Peixes-Áries (19 a 24 de março) e Touro-Gêmeos (19 a 24 de maio).

Conselho: Não acuse o mundo por não reconhecê-lo se você se esconde. Seja mais transparente - deixe as pessoas verem o que você realmente é. Cuidado ao manter segredos até para você mesmo. Permita que os outros o vejam, compartilhando alegrias e tristezas.



Publicações mais recentes