As estrelas em nossa bandeira

As estrelas estão representadas em várias bandeiras de diversos países.

Evidentemente, o maior símbolo nacional que aprendemos a reconhecer é a Bandeira Nacional.

Ela contém constelações inteiras onde cada estrela representa cada um dos 26 Estados que compõem a união mais o distrito federal , como :

Cruzeiro do Sul : São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo.

Já a constelação de Escorpião representa os Estados situados a leste do Brasil, região essa banhada pelo oceano Atlântico.

Cão Maior representando os Estados a oeste do país.

A estrela solitária acima da faixa “Ordem e Progresso” é a estrela Spica da constelação de Virgem e representa o estado do Pará onde a capital –Belém – era a única situada acima da linha do equador, na época da formatação da bandeira.

O distrito federal é representado pela estrela Sigma do Octante, conhecida também como Polar do Sul ou Polaris Australis.

Sigma do Octante por estar muito próxima do Pólo Sul celeste está sempre visível durante todo o ano e faz com que tenhamos impressão que todas as estrelas se movem em torno dela.

Isso representante claramente que os Estados brasileiros são governados pelo Distrito Federal e giram em torno dela.

Essa configuração foi estabelecida oficialmente e fielmente na configuração do céu carioca, às 12 horas siderais; 20h30m do dia 15 de novembro de 1889, dia da Proclamação da República.

As estrelas são representadas não da maneira com que as vemos da Terra, a lei Nº 5.700, de 1 de setembro de 1971 que dispõe sobre a representação dos símbolos nacionais, determina que as estrelas sejam representadas como se estivéssemos as vendo fora da esfera celeste, por isso estarem invertidas, como se estivessem sendo projetadas em um espelho.



fonte: http://revistadeciframe.com/category/astronomia/

Compartilhe este artigo

Faça um comentário

Caso tenha um Perfil ativo no site, entre no Perfil antes para facilitar o preenchimento deste formulário